O home office levou para a casa não só o trabalho, mas também alguns de seus problemas. O assédio moral e o sexual já dão as caras mesmo a distância. O problema é que muita gente ainda não sabe como identificar, principalmente em tempos de comunicação remota. Confira no vídeo:

View this post on Instagram

ASSÉDIO NO HOME OFFICE ✋ A entrada repentina no home office levou para a casa não só o trabalho, mas também alguns de seus problemas. O assédio moral e o sexual já dão as caras mesmo a distância. O problema é que muita gente ainda não sabe como identificar o problema, principalmente em tempos de comunicação remota. ⠀ Segundo especialistas ouvidos pelo 6 Minutos, mesmo a distância, o assédio moral pode ser caracterizado como qualquer conduta abusiva que possa atentar contra a integridade do trabalhador com a finalidade de constrangê-lo e desestabilizá-lo com algum objetivo, como forçar um pedido de demissão, por exemplo. Ele, porém, não tem previsão específica na lei. ⠀ Já o abuso sexual está previsto no artigo 213 da Lei nº 12.015, que o define como constranger alguém, mediante violência ou grave ameaça, a ter conjunção carnal ou a praticar ou permitir que com ele se pratique outro ato libidinoso. . . . ⠀ #6minutos #jornalismo #news #noticia #instagram #insta #chartoftheday #assedio #homeoffice #quarentena #isolamento

A post shared by 6 Minutos (@6minutos) on

Leia também: Assédio em tempo de home office? Saiba como identificar o problema

Siga o 6 Minutos nas redes sociais: FacebookTwitterInstagram, LinkedIn e Youtube

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu WhatsApp? É só entrar no grupo pelo link: https://6minutos.uol.com.br/whatsapp.