A BlackRock, maior gestora de ativos do mundo, divulgou um salto de 21% no lucro trimestral nesta sexta-feira. O resultado foi impulsionado pela maior alocação de investimentos em seus fundos de renda fixa e em seus serviços de gestão financeira.

Os fundos de renda fixa captaram US$ 60,27 bilhões, enquanto seus negócios de gestão financeira atraíram mais de US$ 24,2 de dólares em entradas líquidas no segundo trimestre.

Os mercados financeiros se recuperaram no segundo trimestre após a brutal liquidação provocada pela pandemia de coronavírus em março, aumentando os ativos sob gestão da BlackRock.

A BlackRock encerrou o trimestre com US$ 7,32 trilhões em ativos sob gestão, ante US$ 6,84 trilhões no ano anterior.

O lucro líquido da empresa aumentou para US$ 1,21 bilhão, ou US$ 7,85 por ação, nos três meses encerrados em 30 de junho, contra US$ 1 bilhão ou US$ 6,41 por ação no ano anterior.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).