BANGALORE, Índia (Reuters) – A Visa e a empresa de tecnologia financeira Plaid cancelaram um acordo de fusão avaliado em 5,3 bilhão de dólares após o governo dos Estados Unidos abrir processo para interromper a operação temendo prejuízo à concorrência.

O Departamento de Justiça dos EUA abriu o processo em novembro, afirmando que a Visa era uma empresa “monopolista em transações de débito online” e que a aquisição proposta “iria eliminar uma nascente ameaça competitiva” ao monopólio.

“Estamos confiantes de que teríamos ganhado no tribunal já que as capacidades da Plaid são complementares às da Visa”, disse o presidente-executivo da Visa, Al Kelly.

(Por Praveen Paramasivam)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).