Por Alan Baldwin

LONDRES (Reuters) – Max Verstappen, da Red Bull, venceu o Grande Prêmio da Estíria com larga vantagem neste domingo e abriu 18 pontos de vantagem contra Lewis Hamilton no Mundial de Pilotos da Fórmula 1.

Verstappen venceu de ponta a ponta no Red Bull King da Áustria, com o heptacampeão mundial Hamilton em segundo pela Mercedes.

O britânico ficou 35s743 atrás na bandeira quadriculada, após uma parada no fim para colocar pneus novos para somar um ponto extra com a volta mais rápida.

É a primeira vez desde 2013 que a poderosa Mercedes fica quatro corridas seguidas sem vitória e também a primeira vez desde então que a Red Bull comemora quatro vitórias consecutivas.

“Inacreditável. O carro estava pegando fogo hoje”, disse Verstappen, pelo rádio da equipe, após a quarta vitória do holandês de 23 anos em oito corridas nesta temporada, a segunda seguida e a 14ª da sua carreira.

“Você nunca sabe como vai acabar, mas logo de cara eu senti um bom equilíbrio no carro”, acrescentou, após sair do seu veículo. “Administrei bem os pneus desde o começo. Senti que no fim eu ainda tinha pneus.”

Valtteri Bottas ficou em terceiro lugar pela Mercedes, segurando por pouco o companheiro de equipe de Verstappen, o mexicano Sergio Pérez, que tinha pneus mais novos, por apenas 0s527.

Todo mundo levou uma volta de Verstappen, que largou da pole position e agora venceu mais corridas do que qualquer outro este ano, com a Red Bull emergindo como a maior ameaça à Mercedes desde o começo da era do motor híbrido V6 turbo em 2014.

“Foi a vitória mais dominante que tivemos até agora este ano”, afirmou o chefe de equipe da Red Bull, Christian Horner.

A Red Bull agora está 40 pontos à frente da Mercedes no Mundial de Construtores.

“Foi uma corrida um pouco solitária na verdade”, disse Hamilton. “Eu estava tentando acompanhar os caras, mas a velocidade que eles estavam, eles obviamente melhoraram bastante nas últimas corridas e é impossível acompanhar.”

“Acho que eles estão um pouco melhor nas retas longas… eu sinto que perdemos um pouco nas retas.”

O pitoresco circuito Spielberg receberá outra corrida no próximo fim de semana, o Grande Prêmio da Áustria.

Lando Norris, da McLaren, terminou em quinto lugar, com Carlos Sainz e Charles Leclerc, da Ferrari, em sexto e sétimo, respectivamente.

O canadense Lance Stroll foi o oitavo pela Aston Martin, à frente de Fernando Alonso, da Alpine. O novato japonês Yuki Tsunoda levou o último ponto pela AlphaTauri.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).