Por Aakriti Bhalla e Chavi Mehta

(Reuters) – O Twitter disse nesta quinta-feira que removeu mais de três mil contas que operavam informações vinculadas a governos.

As contas do Twitter removidas estavam vinculadas a operações atribuídas a seis países, incluindo México, China e Rússia, disse a rede social em um blog.

Das 3.465 contas removidas, 2.160 estavam vinculadas a operações atribuídas à China.

A empresa também disse que iniciará o consórcio de pesquisa de moderação do Twitter no início de 2022, para estudar questões de governança de plataforma.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).