O Twitter vai implementar mecanismos para desacelerar a circulação de notícias falsas em sua plataforma. A medida, anunciada nesta sexta-feira (9), chega a menos de um mês das eleições nos EUA, marcadas para 3 de novembro.

O que muda? Tweets com informações eleitorais erradas ou duvidosas receberão sinalizações mais claras. Essas mensagens também não serão recomendadas pelo algoritmo do Twitter, o que significa que os usuários provavelmente não poderão vê-las organicamente em suas páginas principais.

Por fim, os tweets políticos considerados mentirosos não poderão sem retuitados sem que o usuário adicione um comentário à mensagem. Respostas ao tweet também não serão permitidas.

O que diz o Twitter? “Esperamos que as novas regras reduzam a visibilidade de informações incorretas, e estamos encorajando as pessoas a pensarem duas vezes antes de amplificar esses tweets”, afirmaram os executivos Vijaya Gadde e Kayvon Beykpour no blog oficial do Twitter.

Pode me dar um contexto? Rede social favorita do presidente norte-americano Donald Trump, o Twitter tem alvo de críticas por não combater com vigor os perfis falsos e a circulação de fake news na sua plataforma.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).