(Reuters) – O Twitter lançará um recurso de segurança que permitirá que usuários bloqueiem contas temporariamente por sete dias pelo uso de linguagem nociva ou pelo envio de respostas indesejadas, afirmou a plataforma de redes sociais nesta quarta-feira.

Com o modo de segurança ativado, o Twitter checará o conteúdo do tuíte para acessar a probabilidade de engajamento negativo e a relação entre o autor e o interlocutor.

Contas que interagem com frequência não serão auto-bloqueadas, disse a empresa, porque o sistema leva as relações existentes em consideração.

O Twitter já havia tomado outras medidas para lidar com o assédio em seu site, que geralmente ocorre com replies indesejadas que visam mulheres e minorias.

“Queremos que as pessoas tenham conversas saudáveis no Twitter, então estamos limitando interações indesejadas e que possam interromper essas conversas”, disse a empresa.

O modo de segurança pode ser ativado nas configurações e estará disponível a um pequeno grupo no iOS, Android e no Twitter.com, começando por contas que têm configurações em língua inglesa ativadas, disse o Twitter.

(Reportagem de Nivedita Balu em Bengaluru)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).