Por Makiko Yamazaki e Ritsuko Ando

TÓQUIO (Reuters) – A Toshiba decidiu não avaliar a oferta de compra de 20 bilhões de dólares da CVC Capital Partners, afirmando que faltam detalhes. Ao mesmo tempo, a empresa acrescentou que está aberta a ofertas “confiáveis”.

O conglomerado japonês disse que uma nova carta da CVC, que antes se oferecia para deslistar a Toshiba, não fornecia as informações necessárias para que a oferta pudesse ser avaliada. Segundo a Toshiba, a carta afirmava que a CVC “se afastaria para aguardar” a orientação da empresa japonesa.

“Esta carta não contém informações específicas e detalhadas aptas de serem avaliadas”, disse a Toshiba. “O conselho concluiu que não é possível avaliá-la.”

Não ficou claro se a carta da CVC significa que ela desistiu de sua oferta anterior. Um representante da CVC no Japão não quis comentar. Uma fonte da Toshiba disse que a carta significa que a proposta da CVC dificilmente seguirá adiante, já que a oferta do fundo nem foi solicitada.

A Toshiba disse que continuará a considerar e avaliar as ofertas confiáveis. Por enquanto, “ser uma empresa de capital aberto proporciona uma estrutura de capital estável”, disse.

A empresa também negou que sua atual estrutura societária, com uma grande base de acionistas ativistas, tenha afetado negativamente seu valor corporativo.

((Tradução Redação São Paulo))

REUTERS IL AAP

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda de 2021? Mande sua pergunta por e-mail (faleconosco@6minutos.com.br), Telegram (t.me/seisminutos) ou WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).