Por Jimin Kang

SÃO PAULO (Reuters) – A startup uruguaia de pagamentos dLocal anunciou nesta terça-feira que fez uma parceria com a Amazon.com que abre caminho para que vendedores internacionais levem seus produtos para o markeplace da gigante norte-americana no Brasil pela primeira vez.

Até agora o site estava restrito apenas para vendedores locais.

Alguns vendedores internacionais já aderiram ao marketplace da Amazon no Brasil e outros vão entrar em um plano de lançamento gradual ao longo dos próximos dias, disse Michel Golffed, vice-presidente sênior da dLocal.

“A América Latina como região está registrando o ritmo de crescimento mais rápido do varejo eletrônico”, afirmou Golffed. “Se olharmos para isto do ponto de vista do consumidor, ele está tendo acesso a compras no Brasil com métodos de pagamento locais…de produtos de vendedores de todo o mundo.”

Criada em 2016, a dLocal integra sistemas de pagamento locais e globais e tem foco em mercados emergentes. No IPO na Nasdaq em 3 de junho, a companhia, cujos clientes incluem Tripadvisor e Dropbox, levantou mais de 600 milhões de dólares e atingiu um valor de mercado de 9 bilhões de dólares.

Treze de seus 29 mercados atuais estão na América Latina, disse Golffed, incluindo uma parceria com a Amazon no Chile.

Golffed não informou se a dLocal também vai buscar trabalhar com rivais da Amazon no Brasil, incluindo Mercado Livre e B2W.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).