SÃO PAULO (Reuters) – A Buser, que mantém um aplicativo de transporte intermunicipal de ônibus, captou 700 milhões de reais em uma rodada de levantamento de capital, que vai aproveitar para um plano de investimento de 1 bilhão de reais no Brasil nos próximos dois anos que inclui entrada em novos negócios.

A rodada, segundo anunciou a empresa nesta quinta-feira, foi liderada pelo fundo LGT Lightrock e também contou com a participação de Softbank, Monashees, Valor Capital Group, Globo Ventures e Canary, todos investidores da Buser nas séries anteriores, além de Iporanga Ventures.

“Com o novo aporte, vamos continuar crescendo em número de passageiros, viagens e parceiros e nos preparando para a retomada do turismo, que vai chegar”, afirmou o cofundador e presidente-executivo da Buser, Marcelo Abritta, no comunicado.

Ele se referiu aos impactos da pandemia, que seguem atingindo o setor de turismo, embora em menor grau em relação ao mesmo período do ano passado, com companhias aéreas e de viagens retomando neste ano planos de crescimento suspensos em 2020 após a chegada do coronavírus ao país.

Além de explorar o transporte de passageiros, a Buser agora está voltando atenções para quatro novos segmentos: marketplace em parceria com grandes viações, transporte de cargas, financiamento de ônibus e transporte urbano.

“O foco também será diversificar o negócio…como o transporte urbano de passageiros, um setor que é ainda mais fechado do que o interestadual e intermunicipal”, disse Abritta.

A Buser foi criada em 2017 e cresceu explorando um modelo de “fretamento colaborativo”, em que os passageiros dividem a conta final da viagem. A companhia afirma ter atualmente quase 4 milhões de clientes em sua plataforma.

Com isso, do investimento de 1 bilhão de reais previsto para os próximos dois anos, a companhia vai dedicar 400 milhões de reais para expandir-se “para todo o país”. Outros 200 milhões serão destinados ao financiamento de ônibus junto aos parceiros da Buser.

(Por Alberto Alerigi Jr.)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).