A Samsung fechou um acordo de US$ 6,6 bilhões para fornecer estruturas que permitam a adoção do 5G nos Estados Unidos pela Verizon. O contrato foi finalizado na última sexta-feira, 4, e é válido ate dezembro de 2025.

O negócio marca uma das maiores empreitadas da Samsung em solo americano, enquanto sua concorrente, a chinesa Huawei Technologies, luta contra sanções dos Estados Unidos e o esforço de Washington para ganhar aliados em todo o mundo para impedir a entrada da empresa chinesa.

“Com o contrato, continuaremos a expandir os limites da inovação 5G a fim de aprimorar as experiências móveis para os clientes da Verizon”, disse a Samsung em um comunicado por e-mail.

A empresa, maior fabricante de chips de memória e dispositivos eletrônicos do mundo, tem se esforçado para expandir sua participação no mercado de equipamentos 5G e investido em redes móveis de sexta geração.

A operadora de telefonia móvel Verizon conquistou o tão necessário espectro de banda média para seu lançamento 5G, após emergir entre os principais vencedores em um recente leilão de ondas aéreas nos EUA.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu WhatsApp? É só entrar no grupo pelo link: https://6minutos.uol.com.br/whatsapp.