NOVA YORK (Reuters) – O presidente-executivo da rede social Parler, popular entre simpatizantes da extrema direita norte-americana mas que praticamente desapareceu após o ataque ao Capitólio, publicou uma breve mensagem no site da companhia, embora o aplicativo continue fora do ar.

“Olá mundo, o que está rolando?”, escreveu Matze em uma mensagem publicada no sábado, acima de uma nota em que a companhia afirma que vai ser restaurada após resolver os problemas.

Pouco mais de uma semana antes, Apple e Google retiraram o app do Parler de suas lojas de aplicativos. O app continua indisponível nas duas plataformas.

Depois disso, a Amazon.com tirou o site de seu serviço de hospedagem, efetivamente desligando a rede social.

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda de 2021? Mande sua pergunta por e-mail (faleconosco@6minutos.com.br), Telegram (t.me/seisminutos) ou WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).