CARBIS BAY, Inglaterra (Reuters) – O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, saudou o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, como “um grande sopro de ar fresco” nesta quinta-feira porque ele quer trabalhar com Londres em uma gama ampla de assuntos, que vão da mudança climática e a Covid à segurança.

“É um grande sopro de ar fresco”, disse Johnson a respeito das conversas com Biden. “É novo, é interessante, e estamos trabalhando muito duro juntos. Fomos adiante durante cerca de uma hora e 20, ou algo assim. Foi uma sessão longa, longa e boa. Cobrimos uma gama ampla de assuntos.”

Biden está determinado a tentar usar a viagem para lustrar suas credenciais multilaterais após o tumulto da Presidência de Donald Trump, que deixou muitos aliados dos EUA na Europa e na Ásia consternados, e alguns afastados.

Johnson minimizou as diferenças com Washington a respeito do impacto do Brexit na paz na Irlanda do Norte, dizendo que EUA, Reino Unido e União Europeia estão em “harmonia completa” para encontrar soluções para manter o acordo de paz de 1998.

“Existe uma harmonia completa sobre a necessidade de seguir em frente, encontrar soluções e fazer o que for preciso para mantermos o Acordo da Sexta-Feira Santa de Belfast”, disse o premiê. “E acho que o que é interessante é que a Irlanda do Norte é um lugar fantástico e tem um potencial maravilhoso. É uma parte ótima, ótima do Reino Unido.”

Indagado se Biden deixou muito claro seu alarme a respeito da situação na Irlanda do Norte, Johnson respondeu: “Não, não deixou”.

(Por Guy Faulconbridge, Kate Holton e David Milliken)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).