Por Joyce Lee e Heekyong Yang

SEUL (Reuters) – A Samsung anunciou nesta sexta-feira que teve alta de 28% no lucro operacional do terceiro trimestre, que atingiu o maior nível em três anos, impulsionado por aumento nos preços de chips de memória e vendas de telas para novos modelos de celulares.

O resultado preliminar foi 26% maior que o do segundo trimestre, embora tenha ficado pouco abaixo do esperado.

A maior fabricante de chips de memória e celulares do mundo estimou que teve lucro entre julho e setembro de 15,8 trilhões de wones (13,3 bilhões de dólares), abaixo da média de previsões de analistas, de 16,1 trilhões, segundo dados da Refinitiv. O desempenho é o mais forte desde o terceiro trimestre de 2018.

A margem operacional da área de dispositivos móveis ficou abaixo do que o esperado esperava”, disse Park Sung-soon, analista na Cape Investment & Securities. “Teremos que ver os custos com marketing e que mix de produtos a Samsung vendeu no período.”

O aumento nos preços de chips de memória, mais uma alta na rentabilidade dos negócios da Samsung de produção de chips para terceiros impulsionaram o lucro operacional da divisão de semicondutores em cerca de 79% sobre um ano antes, estimaram analistas.

Chips representaram cerca de metade do lucro operacional da Samsung no primeiro semestre.

Analistas afirmam que os preços de chips de memória devem cair neste trimestre pois a demanda por computadores pessoais deve recuar diante da flexibilização de medidas de isolamento social. As vendas de smartphones também devem cair.

Na divisão de dispositivos móveis, a estimativa de vendas de 2 milhões de celulares dobráveis em um mês mostrou que a demanda por estes aparelhos conseguiu capturar mais mercado do que no ano passado, disseram analistas.

No geral, a Samsung estimou que o faturamento da companhia subiu cerca de 9% no terceiro trimestre sobre um ano antes, para 73 trilhões de wones.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).