BRASÍLIA (Reuters) – O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso, afirmou nesta quarta-feira que as plataformas da internet e das redes sociais precisam ter regras claras para impedir a divulgação de informações falsas.

Em evento da XP Investimentos, Barroso, que também é ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) disse que as plataformas têm de explicitar nos termos de uso o que é proibido fazer e proativamente retirar do ar tudo o que seja discurso de ódio, claramente mentiroso ou anticientífico.

Segundo Barroso, é preciso que haja parcerias com as mídias sociais porque senão elas vão ser usadas para o desvirtuamento da democracia.

O presidente do TSE disse que nas eleições municipais do ano passado houve uma campanha de esclarecimento a fim de enfrentar as campanhas de desinformação.

(Reportagem de Ricardo Brito)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).