Por Carolina Mandl e Tatiana Bautzer

SÃO PAULO (Reuters) – A gestora de venture capital monashees está levantando 700 milhões de dólares em dois novos fundos para investir principalmente em startups na América Latina, disseram duas fontes com conhecimento do assunto.

A monashees planeja levantar um fundo focado apenas em startups recém-lançadas, seu décimo veículo para este tipo de companhia, e outro para investir em startups em estágios mais avançados de desenvolvimento, o segundo fundo desse tipo, com 350 milhões de dólares cada, acrescentaram as fontes.

Essa mais nova captação da monashees ocorre em meio a um boom de negócios no setor de tecnologia na América Latina, incluindo fundos gigantescos lançados por investidores como o SoftBank e várias empresas se preparando para listar suas ações, como a fintech Nubank.

Uma das pioneiras na indústria de capital de risco no Brasil, a monashees foi fundada em 2005 por Eric Acher e Fabio Igel. As empresas de seu portfólio incluem o aplicativo de entrega colombiano Rappi e, no Brasil, a proptech Loft, a empresa de logística Loggi, o banco digital Neon e a plataforma online de produtos para o lar MadeiraMadeira.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).