A Microsoft registrou lucro líquido de US$ 13,89 bilhões no primeiro trimestre fiscal, um crescimento de 30% na comparação com igual período do ano anterior.

O lucro por ação diluído ficou em US$ 1,82, alta de 32% no ano e acima da previsão de US$ 1,54 dos analistas consultados pelo FacSet. A receita da empresa ficou em US$ 37,154 bilhões, alta anual de 12%.

Após o balanço, a ação tinha alta de 0,26% no after hours em Nova York, às 17h23 (de Brasília).

Em relatório, a Microsoft afirma que a demanda por seus serviços em nuvens garantiram um início forte no ano fiscal, com a receita no serviço em nuvem comercial ficando em US$ 15,2 bilhões, alta de 31% na comparação anual.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).