A Mercedes-Benz, controlada pela Daimler, revelou nesta quarta-feira (20) o EQA, um novo utilitário esportivo (SUV) elétrico compacto que faz parte de seus planos para enfrentar a rival Tesla e oferecer mais veículos capazes de cumprir regras de emissões de poluentes da Europa e China.

O EQA, o primeiro de vários modelos elétricos que a Mercedes-Benz planeja lançar este ano, terá inicialmente um alcance de 426 quilômetros, com um modelo de 500 quilômetros a ser lançado posteriormente, disse a montadora.

O SUV será vendido na Europa a partir de 4 de fevereiro a “faixas de preço muito atraentes”, disse a executiva Britta Seeger.

As vendas de veículos elétricos (EVs) decolaram na Europa no ano passado, com as montadoras investindo para cumprirem novas metas mais restritas de emissões de CO2 da União Europeia. As vendas receberam um impulso de subsídios governamentais incluídos em medidas de estímulo econômico implementadas na França e na Alemanha, em particular.

As vendas de modelos totalmente elétricos e híbridos aumentaram 122% em toda a UE durante os três primeiros trimestres de 2020.

A Mercedes-Benz descreve o EQA como um “modelo urbano de entrada” e Seeger elogiou sua “sustentabilidade, versatilidade e aparência renovada”.

A Tesla saiu na frente das montadoras tradicionais com seus modelos elétricos. O Tesla Model 3 é o carro elétrico mais vendido do mundo, seguido pelo Zoe, da Renault.

Assim como as metas de emissões, as fabricantes de automóveis enfrentam proibições de veículos movidos a combustíveis fósseis que entram em vigor já em 2030 em alguns mercados da Europa.

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda de 2021? Mande sua pergunta por e-mail (faleconosco@6minutos.com.br), Telegram (t.me/seisminutos) ou WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).