Por Stephen Nellis

SÃO FRANCISCO, Estados Unidos (Reuters) – A Intel planeja abrir o capital da unidade de carros autônomos Mobileye nos Estados Unidos em meados de 2022, um negócio que pode avaliar a companhia israelense em mais de 50 bilhões de dólares, disse uma pessoa familiarizada com o assunto à Reuters.

A Intel não tem intenção de alienar ou cindir sua participação majoritária na Mobileye, disse a empresa em um comunicado, acrescentando que continuará a fornecer recursos técnicos para a companhia.

Fundada em 1999 e comprada pela Intel por 15,3 bilhões de dólares em 2017, a Mobileye adotou uma estratégia diferente de muitos de seus concorrentes de carros autônomos, com um sistema atual baseado em câmeras que ajuda o veículo em mudanças de faixa.

A empresa planeja construir seu próprio sensor “lidar” para equipar veículos com visão tridimensional da estrada e está usando equipamentos lidar da Luminar Technologies em testes neste meio tempo.

Apesar de ser controlada pela Intel, a Mobileye nunca usou as fábricas da Intel para produzir seus chips, em vez disso, confiou à TSMC a fabricação de todos os seus chips “EyeQ” até hoje.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).