FRANKFURT (Reuters) – O Google está se unindo a duas seguradoras globais para cobrir violações cibernéticas e riscos relacionados para empresas que usam seus serviços em nuvem, na primeira vez que um grande provedor abriu tal seguro para seus clientes, disseram as empresas nesta terça-feira.

As principais seguradoras têm pisado cuidadosamente nos riscos cibernéticos há anos, mas a parceria entre Google, Allianz e Munich Re dá às seguradoras acesso especial aos dados para ver quais controles estão em vigor em empresas clientes para ajudá-las a avaliarem riscos.

“Isso é extremamente importante. São dados aos quais nós, como seguradoras, tradicionalmente não tínhamos acesso”, disse Thomas Kang, chefe de cibernética, tecnologia e mídia norte-americana da unidade AGCS da Allianz.

Os clientes-alvo iniciais são empresas sediadas nos EUA com receita anual entre 500 milhões e 5 bilhões de dólares.

“Mas o plano é obviamente expandir essa oferta para cima e para baixo na escala de receita em breve”, disse Bob Parisi, chefe de soluções cibernéticas na América do Norte da Munich Re. As seguradoras, ambas sediadas em Munique, cobrirão até 50 milhões de dólares em perdas potenciais.

Os dados fornecidos por clientes significam que as seguradoras estenderão a cobertura de receitas perdidas de seis meses para até um ano.

(Reportagem de Tom Sims)

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda de 2021? Mande sua pergunta por e-mail (faleconosco@6minutos.com.br), Telegram (t.me/seisminutos) ou WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).