BANGALORE, Índia (Reuters) – O Google completou a aquisição da fabricante de dispositivos vestíveis Fitbit por 2,1 bilhões de dólares, anunciaram as empresas nesta quinta-feira.

O acordo disparou preocupações sobre o poder de mercado do Google e o uso dos dados de saúde recolhidos pelos dispositivos da Fitbit em publicidade dirigida.

As empresas receberam aprovação da União Europeia para o negócio em dezembro, depois que o Google concordou em restringir como utilizará os dados de saúde recolhidos pelos dispositivos da Fitbit.

“Este acordo sempre foi sobre os dispositivos, não sobre dados, deixamos isso claro desde o início e vamos proteger a privacidade dos usuários da Fitbit”, afirmou o Google em comunicado.

A Fitbit, que já foi líder no mercado de dispositivos vestíveis, perdeu mercado para Apple, Xiaomi, Samsung e Huawei nos últimos anos.

(Por Munsif Vengattil)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).