Por Ricardo Brito

BRASÍLIA (Reuters) – O ministro das Comunicações, Fábio Faria, afirmou nesta terça-feira que espera para a semana que vem o fim da votação pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) da versão final do leilão de 5G.

Em cerimônia no Palácio do Planalto, Faria disse que conversou com o relator do caso na Anatel, Emmanoel Campelo, após o conselheiro Moisés Moreira ter pedido vista.

“Está agora na Anatel, teve um pedido de vista, falei com o relator ontem (segunda) e hoje (terça) ele me garantiu que está mandando as perguntas finais para o ministério das recomendações do TCU e na semana que vem estaremos votando para publicarmos o edital e termos o leilão 5G para o país”, disse Faria.

Durante a entrega do Prêmio Marechal Rondon de Comunicações, no Planalto, Faria disse que o leilão de 5G vai permitir o investimento de 1,2 trilhão de reais nos próximos 15 anos no país, além de levar internet para mais 40 milhões de pessoas.

O ministro repetiu que atrasos no calendário para o leilão 5G estão provocando prejuízo de 100 milhões de reais por dia ao país.

Discursando depois do ministro, o presidente Jair Bolsonaro disse que o leilão 5G vai garantir progresso, investimento e são negócios, que pode garantir o “nosso futuro”.

O aval final da Anatel, que analisa o processo desde outubro de 2019, é a última etapa antes da realização do leilão, que o governo pretendia realizar em 14 de outubro.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).