SYDNEY (Reuters) – O Facebook fornecerá dinheiro para um “fundo de inovação” para 170 jornais regionais australianos como parte de um acordo de licenciamento planejado, disseram as partes nesta sexta-feira, chamando a ação de uma demonstração de cooperação entre o gigante da mídia social e os editores locais.

A mudança traz um elemento de base para uma série de negócios anunciados pelo Facebook na Austrália desde que o país elaborou uma legislação para a companhia e o Google, da Alphabet, negociarem pagamentos de conteúdo para meios de comunicação ou se arriscarem a uma arbitragem governamental.

Desde que a lei entrou em vigor em fevereiro, provedores de notícias dominantes como News Corp, Nine Entertainment e Australian Broadcasting assinaram acordos ou cartas de intenções com as empresas.

O negócio planejado pela Country Press Australia (CPA) e o gigante da tecnologia aproximaria o dinheiro do Facebook de publicações como The Bunyip, com circulação 8.750, e Gympie Today, com circulação 4.000, já que estão entre os 170 estabelecimentos representados pela CPA.

Os termos do acordo, incluindo prazo, quantidade de dinheiro e como será dividido ou gasto, não foram divulgados em uma declaração conjunta do CPA e do Facebook. O comunicado afirma que as partes assinaram uma carta de intenções apenas para fechar um acordo.

(Reportagem de Byron Kaye)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).