Os EUA anunciaram nesta segunda-feira (17) novas restrições à Huawei, em esforço para limitar o acesso da gigante de telecomunicações chinesa à tecnologia americana.

Em comunicado, o Secretário de Estado americano, Mike Pompeo, disse que 38 afiliadas da Huawei serão adicionadas a uma lista de entidades estrangeiras proibidas de receber importações de produtos tecnológicos americanos classificados como sensíveis.

Pompeo descreveu a Huawei como um “braço do Estado de vigilância do Partido Comunista da China” e disse que a nova medida tem o objetivo de proteger a segurança nacional e a integridade da infraestrutura 5G de telefonia móvel dos EUA da “influência maligna de Pequim”.

Pompeo fez ainda um apelo a “aliados e parceiros” que sigam o mesmo caminho de Washington no que diz respeito à Huawei.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).