BANGALORE, Índia (Reuters) – O presidente-executivo e cofundador do Twitter, Jack Dorsey, disse nesta terça-feira que converterá em bitcoin os lucros do leilão digital do primeiro tuíte na plataforma. Os recursos serão destinados para caridade.

“apenas configurando meu twttr” – o primeiro tuíte foi colocado à venda depois que Dorsey o listou como uma assinatura digital exclusiva em um site para a venda de tuítes como tokens (NFTs).

NFTs são arquivos que servem como assinaturas digitais para certificar quem possui fotos, vídeos e outras mídias online. Dorsey, um conhecido entusiasta do bitcoin, disse que o leilão terminará em 21 de março.

A empresa de pagamentos Square, também liderada por Dorsey, investiu 170 milhões de dólares a mais em bitcoin no mês passado, aumentando a aceitação da moeda digital que vem conquistando o apoio de vários grandes investidores.

O tuíte de Dorsey, de 15 anos, pode atrair interessados a pagar um alto preço. O lance mais alto pelo tuíte mais cedo nesta tarde havia sido de 2,5 milhões de dólares.

O montante arrecadado no leilão será doado para a GiveDirectly, um projeto de levantamento de fundos voltado a famílias em situação de extrema pobreza na África.

(Por Munsif Vengattil)

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda de 2021? Mande sua pergunta por e-mail (faleconosco@6minutos.com.br), Telegram (t.me/seisminutos) ou WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).