PARIS (Reuters) – O diretor de “Bacurau”, Kleber Mendonça Filho, e outras estrelas das artes, como a cantora francesa Mylene Farmer e a atriz e roteirista norte-americana Maggie Gyllenhaal, farão parte do júri para a entrega do prêmio principal do Festival de Cinema de Cannes em julho, informaram os organizadores nesta quinta-feira.

Spike Lee, diretor de “Faça a Coisa Certa” e “Malcolm X”, foi nomeado presidente do júri em 2020, quando a mostra do cinema em Cannes foi cancelada devido à pandemia de Covid-19, e agora irá liderar a edição de 2021, que foi alterada de maio para julho.

A flexibilização das restrições ao coronavírus está aumentando as esperanças para a possibilidade de estrelas internacionais viajarem até a Riviera Francesa para os 15 dias de estreias de filmes, que encerram com o prêmio “Palma de Ouro” de melhor filme.

O júri de 2021 também inclui o diretor franco-senegalês Mati Diop, cujo longa-metragem de estreia “Atlantique” ganhou o maior prêmio no festival de Cannes 2019, e o ator francês Tahar Rahim, conhecido por seu papel em “O Profeta” de Jacques Audiard.

A diretora austríaca Jessica Hausner, a atriz e diretora francesa Melanie Laurent e o ator sul-coreano Song Kang-ho, uma das estrelas de “Parasita”, vencedor da Palma de Ouro de 2019, também farão parte do júri.

(Por Sarah White)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).