SÃO PAULO (Reuters) -A provedora de internet por fibra óptica Desktop precificou na segunda-feira oferta inicial de ações a 23,50 reais por papel, segundo informações da Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

O preço ficou perto do piso da faixa estimativa que ia de 23 a 28 reais.

De acordo com o prospecto definitivo da operação, foram vendidas inicialmente 30.435.000 ações ordinárias no âmbito da oferta primária, totalizando 715,2 milhões de reais. Esse montante pode superar 800 milhões de reais, com a colocação do lote suplementar, de até 4.565.250 papéis.

A Makalu Brasil Partners, que administra a participação do controlador da companhia, o fundo norte-americano HIG Capital, e outros acionistas optaram em não vender ações no IPO, o que poderia ter elevado o volume da oferta em até 6.087.000 ações.

Os recursos com a oferta serão destinados para crescimento orgânico, aquisições estratégicas e aumento de posição de caixa.

O IPO teve como coordenadores Itaú BBA, UBS BB, BTG Pactual e Bradesco BBI e as ações começarão a ser negociadas na B3 na quarta-feira, no segmento Novo Mercado, sob o código ‘DESK3’.

(Por Paula Arend Laier, edição Alberto Alerigi Jr.)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).