A Cyber Monday esta na direção de um recorde de até 12,7 bilhões de dólares em vendas online nos Estados Unidos, de acordo com as últimas estimativas da indústria, superando os números da Black Friday conforme varejistas dos EUA chegam na última etapa de uma temporada de vendas estendida pela pandemia de Covid-19.

Consumidores têm visto quase dois meses de promoções de varejistas procurando recuperar vendas perdidas devido ao fechamento de shoppings e lojas, enquanto a Amazon adiou seu evento promocional anual para outubro, criando uma temporada de compras mais longa do que o habitual.

Estimativas da Adobe Analytics, no entanto, mostraram que a o último dia das promoções do fim de semana de Ação de Graças ainda será o maior dia de vendas online da história, com gastos entre 10,8 bilhões e 12,7 bilhões de dólares.

“Estamos vendo um forte crescimento à medida que os consumidores continuam mudando as compras do ‘offline’ para o ‘online’ neste ano”, disse o diretor da Adobe Digital Insights, Taylor Schreiner.

“Novos videogames, telefones, dispositivos inteligentes e TVs que são compras tradicionais da Black Friday estão compartilhando o carrinho de compras online este ano com itens não habituais da Black Friday, como comida, roupas e álcool, que anteriormente seriam comprados em lojas físicas.”

A Black Friday gerou cerca de 9 bilhões de dólares em vendas online, de acordo com a Adobe.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).