A criptomoeda ether atingiu uma alta recorde nesta quarta-feira, levando os ganhos este ano para quase 500% em meio ao interesse crescente de investidores, incluindo institucionais, por aplicações financeiras descentralizadas.

O preço do ether, a segunda maior criptomoeda em valor de mercado depois do bitcoin, subiu para US$ 4.372,35, ultrapassando recorde anterior de segunda-feira. Às 14h30, a moeda era negociada US$ 4.169,61, em queda de 0,35%. O Bitcoin caía 2,9%, para US$ 55.113.

O ether deu um salto de quase 500% em relação ao dólar este ano, à medida que a blockchain ethereum se tornou mais amplamente usada por plataformas de criptomoedas ponto a ponto – ou descentralizadas -, que permitem empréstimos diretamente em criptomoedas fora de instituições bancárias tradicionais.

O JPMorgan disse nesta quarta-feira que o ritmo de evolução do ethereum “permaneceu rápido”, e que ainda há espaço para mais crescimento.

“Efetivamente, uma vez que os futuros do Bitcoin se tornaram mais aceitos entre os investidores institucionais, eles se tornaram mais confiantes sobre as criptomoedas, abrindo caminho para uma aceitação mais rápida dos futuros do ethereum”, disse o JP Morgan.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).