Por Tom Wilson

LONDRES (Reuters) – A companhia norte-americana ConsenSys, que opera a tecnologia blockchain, levantou nesta quarta-feira 200 milhões de dólares com investidores incluindo HSBC e o fundo hedge Third Point, sendo avaliada em 3,2 bilhões de dólares.

O blockchain surgiu há mais de uma década como a tecnologia por trás das criptomoedas. Desde então, investidores colocaram milhões de dólares na tecnologia e em empresas a ela relacionadas, acreditando que o blockchain transformará indústrias de finanças ao comércio.

A ConsenSys é uma proeminente startup cujo presidente e fundador, Joe Lubin, também ajudou a criar a criptomeda Ether.

Entre os produtos da companhia está o MetaMask, um aplicativo e extensão de “web browser” que permite aos usuários manter e gerenciar tokens digitais e conectar com outras aplicações blockchain. O MetaMask possui 21 milhões de usuários ativos mensalmente, o que representa um aumento de 38 vezes frente ao ano passado, segundo a ConsenSys.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).