XANGAI (Reuters) – Agências reguladoras da China reduziram nesta segunda-feira o tempo que jogadores de menos de 18 anos podem dedicar a jogos online para uma hora de jogo às sextas-feiras, fins de semana e feriados em reação a uma preocupação crescente com o vício em jogos, noticiou a mídia estatal.

As regras, publicadas pela Agência Nacional de Imprensa e Publicação, disse que usuários menores de idade só poderão jogar das 20h às 21h do horário local neste dias, de acordo com a agência de notícias Xinhua.

Empresas de jogos pela internet serão proibidas de oferecer serviços de jogos a eles em qualquer formato fora deste horário e precisam mostrar que adotaram sistemas de verificação de nomes reais, disse a agência reguladora, que supervisiona o mercado de videogames chinês.

Antes, o país limitava o tempo total durante o qual menores de idade podiam acessar jogos online a três horas nos feriados ou 1,5 hora nos outros dias.

As novas regras coincidem com uma grande repressão de Pequim às gigantes tecnológicas chinesas, como Alibaba Group e Tencent Holdings, o que irrita investidores e prejudica ações chinesas negociadas dentro e fora do país.

A Agência Nacional de Imprensa e Publicação também disse à Xinhua que aumentará a frequência e a intensidade das inspeções de empresas de jogos pela internet para fazer com que imponham limites de tempo e sistemas anti-vício.

(Por Brenda Goh)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).