LIMA (Reuters) – O candidato socialista peruano Pedro Castillo assegurou uma pequena vantagem com 50,125% dos votos, à frente da rival conservadora Keiko Fujimori, com 49,875%, depois da contagem de todas as cédulas do segundo turno eleitoral de 6 de junho.

A votação, que expôs fortes divisões no país andino, ainda enfrenta possíveis contestações jurídicas de Keiko Fujimori, que tem feito alegações de fraude com poucas provas e tenta anular alguns votos.

(Reportagem de Marco Aquino)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).