Por Maria Carolina Marcello

BRASÍLIA (Reuters) – A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira medida provisória que muda a legislação sobre Zonas de Processamento de Exportação e traz estímulo tributário na intenção de aumentar a oferta de oxigênio medicinal no mercado interno diante da Covid-19.

Aprovada na véspera pelo Senado, a medida segue à sanção presidencial.

A MP dispensa empresas produtoras de oxigênio medicinal autorizadas a operar em ZPEs de cumprirem exigência de 80% de seu faturamento decorrente de exportação durante 2021, diante da Covid-19.

O texto aprovado pela Câmara também permite a instalação de empresas exportadoras de serviços em ZPEs, segundo a Agência Câmara de Notícias.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).