Por Paul Sandle e Mathieu Rosemain

LONDRES/PARIS (Reuters) – O bilionário de telecomunicações Patrick Drahi comprou uma participação de 12,1% no valor de cerca de 2,2 bilhões de libras (3,1 bilhões de dólares) no britânico BT Group, tornando-se seu maior acionista.

A Next Alt, de Drahi, anunciou a posição em um comunicado nesta quinta-feira, que levou as ações da BT a uma máxima em 17 meses.

A Next Alt , dona da Altice France, que possui a SFR, segunda maior operadora de telecomunicações da França atrás da Orange, disse não ter intenção de fazer uma oferta pela BT.

A empresa britânica disse que notou sinal de apoio a sua gestão e estratégia pela Altice.

“A Altice mantém o conselho e a equipe de gestão da BT em alta conta e apoia sua estratégia”, disse a Altice UK, uma empresa formada com o objetivo de deter a participação da BT.

A participação coloca a Altice à frente da Deutsche Telekom, que detinha 12,06% da BT com base em documentos recentes, segundo dados da Refinitiv.

“A Altice UK informou ao conselho da BT que não pretende fazer uma oferta de aquisição pela BT”, acrescentou.

A BT, a maior operadora de banda larga e móvel do Reino Unido, está se reformulando como campeã nacional para atualizar a rede de banda larga do país.

(Reportagem adicional de Rachel Armstrong, Sarah White e Sudip Kar-Gupta)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).