Por Krystal Hu e Jeffrey Dastin

SÃO PAULO (Reuters) – A Amazon.com anunciou nesta quinta-feira que não espera que seus funcionários retornem aos escritórios da companhia nos Estados Unidos até o próximo ano, segundo documento interno visto pela Reuters.

A empresa afirma no memorando que está prorrogando o período de home office para 3 de janeiro, ante previsão anterior de a partir de 7 de setembro.

“Conforme continuamos a observar atentamente as condições relacionadas à Covid-19, estamos ajustando nossa previsão para os funcionários administrativos”, afirma o documento.

Um aumento de casos de Covid-19, impulsionado pela variante Delta, tem feito grandes empresas cancelarem planos de reabertura de seus escritórios nos EUA.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).