LA PALMA, Espanha (Reuters) – A lava de um vulcão em erupção da ilha espanhola de La Palma cobriu casas e campos pelo quarto dia nesta quarta-feira, um dia depois de pessoas com lares na rota da lava receberem permissão para voltar rapidamente para recolher seus pertences.

Torres de magma jorraram a grande altura de madrugada, pintando o céu noturno de vermelho e espalhando dejetos incandescentes pelos flancos do vulcão Cumbre Vieja.

Mais cedo, imagens de drone mostraram a lava fluindo para o litoral no rumo oeste e incinerando tudo pelo caminho, inclusive uma escola.

Durante a noite de terça para quarta-feira, o instituto de vulcanologia das Ilhas Canárias disse que a amplitude da atividade sísmica do vulcão se intensificou.

A atividade sísmica é “um indicador da intensidade da atividade explosiva estromboliana”, disse o instituto na noite de terça-feira. Estromboliano é um adjetivo que descreve erupções vulcânicas com explosões violentas que ejetam poeira incandescente.

O relatório foi emitido no momento em que a lava emanando dos flancos do vulcão havia chegado a 154 hectares nas cidades de El Paso e Los Llanos de Aridane, de acordo com o Serviço de Gerenciamento de Emergências Copérnico.

A lava está cobrindo e queimando casas lentamente, além de campos, desde que o vulcão Cumbre Vieja entrou em erupção na tarde de domingo.

(Por Borja Suarez, Marco Trujillo, Nacho Doce e Inti Landauro)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).