MOSCOU (Reuters) – Rússia e China realizaram exercícios navais conjuntos no Mar do Japão nesta sexta-feira e praticaram como operar juntas e destruir minas flutuantes inimigas com fogo de artilharia, disse o Ministério da Defesa russo em um comunicado.

Os jogos de guerra são parte dos exercícios de cooperação naval entre os dois países, que vão de 14 a 17 de outubro e envolvem navios de guerra e embarcações de apoio da Frota do Pacífico russa, incluindo navios-varredores de mina e um submarino.

Moscou e Pequim têm cultivado laços militares e diplomáticos mais estreitos nos últimos anos, época que coincide com o azedamento de suas relações com o Ocidente.

Dois contratorpedeiros chineses, um submarino e duas corvetas estão entre as embarcações que Pequim enviou para participarem das manobras, disse o Ministério da Defesa russo, acrescentando que elas ancoraram no extremo leste da Rússia no dia anterior.

O treinamento envolvia disparos em alvos concebidos para imitar navios de superfície inimigos e manobras de defesa aérea com caças russos multifuncionais SU-30SM e helicópteros, de acordo com a pasta.

(Por Andrew Osborn)

((Tradução Redação São Paulo, 5511 56447702)) REUTERS AC

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).