FRANKFURT (Reuters) – O aumento da inflação na zona do euro ainda é de forma geral temporário, mas famílias e empresas começarão a elevar suas expectativas de preço se durar muito mais, disse o membro do Banco Central Europeu (BCE), Olli Rehn, nesta terça-feira.

A inflação na zona do euro atingiu 3,4% no mês passado, de acordo com estimativas preliminares, em meio a preços mais altos de energia e restrições de oferta, empurrando para cima o custo de uma série de bens.

“Se esse estado de inflação elevada durasse muito mais tempo, provavelmente teria um efeito mais significativo sobre as expectativas de inflação”, disse Rehn, presidente do banco central finlandês, em discurso.

“De fato, as expectativas de preços de venda, três meses depois, dos setores industrial e de varejo começaram a subir em meio a essas pressões temporárias sobre os preços”, disse Rehn.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).