PARIS (Reuters) – Uma multidão de parisienses e turistas passeava ao longo da avenida Champs-Elysees neste domingo, com a determinação de um dia sem carros tendo removido a maior parte do tráfego das ruas normalmente movimentadas da capital francesa.

Os pedestres que passeavam pela via mais famosa de Paris puderam ver o Arco do Triunfo sob a intervenção temporária de uma instalação de arte. O monumento foi coberto por uma embalagem prateada, concebida pelo falecido artista visual Christo.

“É a nossa chance de caminhar na ‘Champs’, de olhar o Arco do Triunfo cara a cara e não apenas da calçada”, disse Annie Matuszewski, uma parisiense de 68 anos.

Paris realizou seu primeiro dia sem carros em 2015 na zona central, expandindo a iniciativa em 2017 para outros bairros dentro dos limites da cidade. A atual prefeita de Paris, Anne Hidalgo, tem buscado usar o evento anual para conter o uso de veículos e reduzir a poluição do ar.

Outras vias da capital estavam cheias de pedestres e ciclistas neste domingo, embora ônibus, táxis e moradores que usam carros para viagens essenciais ainda pudessem usar algumas ruas.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).