Por Kanishka Singh

(Reuters) – O número de mortes causado pelo furacão Ida no Estado norte-americano da Louisiana subiu para 26 na quarta-feira depois que autoridades de saúde relataram 11 fatalidades adicionais em New Orleans.

Foram oito homens e três mulheres, de acordo com o Departamento de Saúde da Louisiana.

As causas das mortes adicionais foram do calor excessivo durante um blecaute prolongado a envenenamento por monóxido de carbono, disse o departamento –a primeira delas foi responsável por nove das fatalidades.

As 11 mortes ocorreram ou foram relatadas ao escritório do legista do condado de Orleans entre 30 de agosto e 6 de setembro, segundo o departamento.

O Ida, um dos furacões mais poderosos que já atingiram a Costa do Golfo dos Estados Unidos, açoitou a Louisiana mais de uma semana atrás e depois seguiu para o nordeste, provocando grandes inundações que mataram dezenas de pessoas.

O furacão causou blecautes generalizados no início deste mês, e mais de um milhão de moradores ficaram no escuro na Louisiana. Até a noite de quarta-feira, mais de 270 mil pessoas do Estado ainda sofriam com a falta de energia, de acordo com o site PowerOutage.us.

A Louisiana está remarcando suas eleições do outono por causa dos danos abrangentes do Ida, e o secretário de Estado, Kyle Ardoin, diz que o governador John Bel Edwards concordou em adiar o pleito em cinco semanas, segundo a mídia local.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).