Por Joseph Ax e Tim Reid

PRINCETON, EUA/SANTA MONICA, EUA (Reuters) – Surtos de Covid-19 em partes dos Estados Unidos da variante altamente contagiosa Delta e hesitação em relação à vacina levaram a novas ordens para usar máscaras e muita confusão entre as pessoas sobre quais orientações seguir.

No Condado de Los Angeles, os líderes restauraram a determinação para usar máscaras em lugares fechados, mesmo para quem já foi completamente vacinado. Autoridades em Houston e Nova Orleans também aumentaram os níveis de alerta do coronavírus esta semana e disseram para as pessoas usarem máscaras.

Na Flórida, no entanto, o governador Ron DeSantis disse na quinta-feira que não seria exigido que crianças usassem máscaras na escola neste outono do hemisfério norte, argumentando que “precisamos que nossas crianças respirem”. Horas depois, a secretária de imprensa da Casa Branca, Jen Psaki, disse a repórteres: “Se eu fosse um pai ou uma mãe na Flórida, isso seria muito preocupante para mim”.

“Todo mundo está confuso sobre o que deve fazer”, afirmou Daniel Blacksheare, homem de 20 anos em Santa Monica, Califórnia, e que disse que foi infectado duas vezes ano passado. “Eu não entendo por que temos que de repente usar máscara novamente.”

O condado do xerife de Los Angeles disse que o departamento não aplicará a medida.

As orientações conflitantes de autoridades em níveis municipais, regionais, estaduais e federais chegam no momento em que autoridades hospitalares nos Estados mais atingidos, com as taxas mais baixas de vacinação, estão tocando o alarme que seus sistemas estão sobrecarregados.

A média móvel de sete dias de novos casos de Covid-19 nos Estados Unidos subiu 53% na última semana, segundo o Centro de Controle e Prevenção de Doenças na quinta-feira. A variante Delta representa mais de 80% dos novos casos ao redor do país.

(Reportagem de Tim Reid em Santa Monica, Califórnia, e Joseph Ax em Princeton, Nova Jersey; Reportagem adicional de Brad Brooks em Lubbock, Texas, e Carl O’Donnell em Washington)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).