NOVA YORK (Reuters) – Cerca de 59% dos nova-iorquinos acham que o governador de Nova York, Andrew Cuomo, deve renunciar após uma investigação independente apontar que ele apalpou, beijou ou fez comentários sugestivos a 11 mulheres, violando a lei, revelou uma pesquisa do Instituto Marista nesta quarta-feira.

Depois que a procuradora-geral Letitia James revelou as conclusões da investigação na terça-feira, Cuomo disse em vídeo que não tem planos de renunciar e negou ter agido de forma inadequada.

(Por Barbara Goldberg)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).