Por Ingrid Melander

PARIS (Reuters) – O telefone do presidente francês, Emmanuel Macron, foi alvo de uma potencial espionagem em nome do Marrocos no caso de spyware do sistema Pegasus, noticiou o jornal francês Le Monde nesta terça-feira.

Uma investigação publicada no domingo por 17 veículos de mídia, liderados pela organização sem fins lucrativos de jornalismo Forbidden Stories, disse que o spyware, feito e licenciado pela empresa israelense NSO, foi usado, entre tentativas e ações bem-sucedidas, para “hackear” celulares pertencentes a jornalistas, autoridades de governo e ativistas dos direitos humanos.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).