SANTIAGO (Reuters) – Os líderes de pesquisa chilena em estágio avançado sobre a vacina contra Covid-19 CoronaVac, desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac, recomendaram nesta quinta-feira uma terceira dose do imunizante, dizendo que estudos com voluntários mostraram que os níveis de anticorpos diminuíram após seis meses.

Os líderes do estudo disseram que um ensaio in vitro para determinar a eficácia da vacina contra a mais contagiosa variante Delta do vírus mostrou uma redução de quatro vezes no efeito neutralizante contra a cepa, em comparação com uma redução de três vezes relatada anteriormente por cientistas chineses.

(Reportagem de Aislinn Laing)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).