TÓQUIO (Reuters) – O Ministério da Defesa do Japão disse neste domingo que um submarino que se acredita ser da China foi avistado em águas perto de suas ilhas ao sul, conforme as tensões marítimas persistem no Pacífico.

A Marinha do Japão identificou na manhã de sexta-feira um navio submerso navegando para noroeste próximo às águas territoriais perto da ilha Amami Oshima, parte da província de Kagoshima, disse o ministério em um comunicado. Um contratorpedeiro chinês também foi localizado nas proximidades.

Tóquio reclamou de inúmeras intrusões de navios chineses em suas águas territoriais e perto de ilhas disputadas nos últimos anos. A China sempre reagiu com irritação aos navios norte-americanos que navegavam por áreas disputadas do Mar da China Meridional, no que Washington chama de demonstrações de liberdade de navegação.

O diplomata chinês Wang Yi, que visitou o Vietnã durante uma viagem ao sudeste da Ásia, disse que os dois países devem se abster de ações unilaterais em relação ao Mar do Sul da China, que poderiam complicar e ampliar as disputas.

O anúncio de domingo disse que a Força de Autodefesa Marítima do Japão identificou os navios em uma zona contígua, que fica fora das águas territoriais onde os navios são obrigados a se identificar. O ministro da Defesa, Nobuo Kishi, instruiu sua equipe a “reunir informações e manter vigilância atenta com senso de urgência”, disse o comunicado.

O Ministério da Defesa da China não respondeu a um pedido de comentário imediatamente e as autoridades da embaixada chinesa não puderam ser contatadas imediatamente para comentar o assunto neste domingo.

O submarino continuou submerso em direção ao oeste no oceano perto da Ilha de Yokoate, disse o ministério.

(Reportagem de Rocky Swift)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).