Por Benoit Van Overstraeten

PARIS (Reuters) – O ministro do Interior francês, Gérald Darmanin, disse nesta quinta-feira que Reino Unido, Bélgica e Alemanha precisam fazer mais para ajudar a França a lidar com os imigrantes ilegais e o tráfico de pessoas.

Falando depois que 27 imigrantes morreram na quarta-feira quando seu bote naufragou enquanto tentavam cruzar o Canal da Mancha, Darmanin voltou a dizer na rádio RTL que os imigrantes “com frequência são atraídos” pelo mercado de trabalho do Reino Unido.

“É um problema internacional… dizemos a nossos amigos belgas, alemães e britânicos que eles deveriam nos ajudar a combater os traficantes que trabalham em nível internacional”, disse Darmanin.

Segundo ele, a polícia francesa fez uma quinta prisão relacionada aos afogamentos de quarta-feira e dois dos sobreviventes são do Iraque e da Somália.

Darmanin disse que França e Reino Unido deveriam trabalhar juntos, mas voltou a culpar o governo britânico por não fazer o suficiente para impedir que imigrantes almejem chegar às praias inglesas.

“Existe uma administração ruim da imigração (no Reino Unido)”, afirmou.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).