WASHINGTON (Reuters) – Os Estados Unidos impuseram sanções nesta quinta-feira a um oficial de segurança cubano e a uma brigada do Ministério do Interior de Cuba, após a repressão aos protestos antigovernamentais do início deste mês, segundo o site do Departamento do Tesouro dos EUA.

A medida marca os primeiros passos concretos do governo do presidente dos EUA, Joe Biden, para pressionar o governo cubano, à medida que Biden enfrenta pressão de parlamentares norte-americanos e da comunidade cubano-americana para mostrar maior apoio aos manifestantes.

(Reportagem de Daphne Psaledakis, Matt Spetalnick e Lisa Lambert)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).