Por Nathan Allen

MADRI (Reuters) – A polícia espanhola deteve nesta sexta-feira dois menores de idade por suposto assassinato de caráter homofóbico de um jovem, que foi espancado até a morte no último fim de semana, elevando o número total de prisões feitas em relação com o caso para seis, informou em sua página no Twitter.

O assassinato de Samuel Luiz, de 24 anos e nascido no Brasil, do lado de fora de uma boate na cidade de La Coruña, no último sábado, gerou protestos em massa por todo o país.

Outros suspeitos que foram presos no início desta semana compareceram ao tribunal nesta sexta-feira.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).