Por Sharon Bernstein

(Reuters) – Distritos escolares nos Estados norte-americanos da Flórida e do Texas estão desafiando a proibição imposta por governadores republicanos à exigência de máscaras para alunos e professores enquanto os casos de coronavírus disparam em áreas de população mais conservadora e com baixos níveis de vacinação.

O conselho escolar do Condado de Broward, na Flórida, se tornou na terça-feira o terceiro grande distrito escolar a desprezar um decreto do governador republicano Rick DeSantis que impedia legalmente a exigência de máscaras no Estado.

O Distrito Escolar Independente de Dallas anunciou na noite de segunda-feira que também iria exigir o uso de máscaras, apesar de um decreto que proíbe a exigência de autoria do governador republicano Greg Abbott.

Os atos de rebelião das autoridades escolares acontecem enquanto esses Estados –ao lado de Louisiana, Arkansas e outros– transbordam novos casos após suas populações resistirem à vacinação e à exigência de uso de máscaras. Professores e gestores estão em busca de proteger os estudantes, já que muitos deles, com menos de 12 anos de idade, não podem ser vacinados.

Impulsionados pela altamente contagiosa variante Delta, os números de casos e hospitalizações nos Estados Unidos dispararam para os níveis mais altos dos últimos seis meses, e sem sinal de achatamento da curva à vista.

Em relação às suas populações, Flórida, Louisiana, e Arkansas estão liderando o país em número de novos casos e hospitalizações pela Covid-19. O Texas não está muito atrás.

No Arkansas, onde apenas oito leitos de tratamento intensivo estavam disponíveis para pacientes de Covid-19 na segunda-feira, o governador republicano Asa Hutchison disse que lamenta ter apoiado a proibição da exigência ao uso de máscaras em seu Estado. 

Na Flórida, onde quase um a cada três leitos hospitalares estão ocupados por um paciente de coronavírus, um cirurgião em Orlando disse que os hospitais estavam “transbordando” de pessoas não vacinadas. 

(Reportagem de Sharon Bernstein em Sacramento; reportagem adicional de Maria Caspani e Peter Szekely em Nova York e Brendan O’Brien em Chicago)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).