GENEBRA (Reuters) – O Escritório de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU) parabenizou Maria Ressa e Dmitry Muratov por receberem o Prêmio Nobel da Paz nesta sexta-feira, dizendo que a premiação foi “o reconhecimento da importância do trabalho dos jornalistas nas circunstâncias mais difíceis”.

“Ao longo dos anos, vimos um aumento nos ataques a jornalistas, assim como durante o lockdown da Covid”, disse a porta-voz, Ravina Shamdasani, a jornalistas em uma coletiva de imprensa da ONU em Genebra.

“Acredito que falo pela Alta Comissária (Michelle Bachelet) quando parabenizo todos os jornalistas que estão fazendo seu trabalho para nos manter informados e amplificar as vozes das vítimas em todos os lugares”, ela acrescentou.

(Por Emma Farge)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).